Pular para o conteúdo
Voltar

Arena Pantanal se consolida como opção de lazer

Por Nara Assis

Oferecer cultura, lazer, segurança e entretenimento em um espaço público e de fácil acesso./ Com esta proposta, surgiu o Vem pra Arena, um evento diversificado e gratuito que reúne a população no entorno da Arena Pantanal./ Este ano, foram realizadas quatro edições, com registro de público que variou entre 15 mil e 30 mil pessoas./ A quinta e última edição de 2015 teve uma programação especial de Natal que durou cinco dias, com a participação total de 60 mil pessoas.//

O advogado Diego Pizzato aprova a iniciativa e aponta a divulgação dos potenciais turísticos de Mato Grosso no estande do evento como um importante atrativo.//

SONORA 1 – Diego Pizzato

O evento inclui atividades esportivas, como basquete, miniatletismo, artes marciais, pebolim e tênis de mesa, atividades culturais, como shows de teatro e musicais, intervenções de artistas plásticos, além de feiras gastronômica e de artesanato.//

O secretário de Estado de Cultura, Leandro Carvalho, ressalta que esta integração de atividades só é possível graças ao esforço conjunto de diversas secretarias.//

SONORA 2 – Leandro Carvalho

O evento também propicia o tour dentro da Arena Pantanal para aqueles que ainda não conhecem, sejam da Capital, do interior de Mato Grosso ou ainda de outros Estados./ Leandro Carvalho destaca a reação das pessoas ao entrarem na Arena Pantanal pela primeira vez e que, aos poucos, elas estão se apropriando deste espaço.//

SONORA 3 – Leandro Carvalho

A moradora de Cuiabá, Eliane Paim, por exemplo, esteve no estádio pela primeira vez durante a quarta edição do Vem pra Arena, realizada em novembro de 2015./ Ela afirma que gostou da estrutura e que eventos como este trazem opções de lazer diferentes para toda família.//

SONORA 4 – Eliane Paim

BG – Vanguart com Orquestra cantando Raul Seixas

A música está sempre presente no Vem pra Arena, como nesta homenagem aos 70 anos do cantor Raul Seixas./ A banda Vanguart e a Orquestra do Estado de Mato Grosso apresentaram os sucessos deste que foi um dos primeiros a ganhar o título de roqueiro no Brasil./ Por lá também passaram as cantoras Marcela Mangabeira, Zélia Duncan, Ana Rafaela, o cantor Almir Sater, e Banda Strauss./ Também houve apresentações regionais, como o show Violas do Araguaia ao Pantanal, com quatro dos mais importantes violeiros de Mato Grosso, o Trio Brasilis, entre outros.//

Com 300 mil metros quadrados de área construída, a Arena Pantanal também tem recebido outras atividades./ Em 2015, cerca de 300 mil pessoas passaram pelo local, somando os 150 eventos realizados./ De encontro de carros antigos até a final do Campeonato Brasileiro de Futebol Americano, que cravou o recorde nacional de público./ Foram 15 mil pessoas assistindo a partida entre o Cuiabá Arsenal e o Coritiba Crocodiles./ Também teve o amistoso internacional de futebol feminino entre Brasil e Nova Zelândia, partida preparatória para as Olimpíadas de 2016.//

Estes eventos estimularam a população a frequentar a Arena Pantanal para fazer caminhadas, reunir a família e aproveitar o início da manhã ou final de tarde também durante a semana./ O Governo do Estado instalou um posto policial no local, para garantir a segurança./ Desde então, passaram a circular por lá, diariamente, cerca de duas mil pessoas.//

O secretário de Estado de Cultura frisa a importância da apropriação deste espaço pelos moradores, pois além de promover bem-estar, concretiza a proposta de ser um estádio multiuso.//

SONORA 5 – Leandro Carvalho

Antes da realização dos eventos, foram feitos reparos tanto na parte interna quanto no entorno do estádio./ De acordo com o secretário de Estado de Cidades, Eduardo Chiletto, a Arena Pantanal estava abandonada e com as adequações necessárias que foram feitas para a primeira edição, nas vésperas do aniversário de Mato Grosso, a população já começou a frequentar o entorno.//

SONORA 6 – Eduardo Chiletto 

A Arena Pantanal foi construída para a realização da Copa do Mundo de 2014 e não foi totalmente concluída pela empresa responsável na gestão anterior./ Ainda faltam alguns detalhes para que a obra seja 100% entregue./ Eduardo Chiletto explica que a demanda maior é na parte interna, como os sistemas hidráulico, de iluminação, e de tecnologia da informação.//

SONORA 7 – Eduardo Chiletto

O Governo também prevê a instalação do Museu do Futebol, e de lojas para a comercialização de camisetas de times mato-grossenses./ A Secretaria de Estado de Cidades precisa entregar a obra até maio de 2016 para receber o selo LEED, um sistema internacional de certificação e orientação ambiental para edificações, utilizado em 143 países./ O intuito é incentivar a transformação dos projetos, obra e operação, sempre com foco na sustentabilidade./ A previsão é que o certificado seja entregue em novembro do próximo ano.//

A preocupação, agora, é manter o estádio e entorno bem cuidados para a realização de novos eventos esportivos e culturais, e continuar sendo uma opção de lazer./ Para isso, o secretário de Estado de Cidades reforça que a colaboração da população é fundamental.//

SONORA 8 – Eduardo Chiletto

BG – Trilha do Vem pra Arena

Para aqueles que ainda não conhecem a Arena Pantanal, as férias são uma ótima oportunidade, seja para caminhar, andar de patins, skate ou simplesmente curtir com a criançada./

Sempre lembrando, é claro, de cuidar deste espaço, que é de toda população.//