Pular para o conteúdo
Voltar

Secretaria de Cultura abre inscrição para credenciamento de pareceristas

Pessoa física ou jurídica credenciada irá atuar na seleção de projetos aptos a receberem apoio da SEC
Angélica Moraes | SEC-MT

Secretaria de Estado de Cultura em Cuiabá - Foto por: André Romeu/GCom-MT
Secretaria de Estado de Cultura em Cuiabá
A | A

Estão abertas as inscrições para o credenciamento de pessoas físicas ou jurídicas para atuar como pareceristas na seleção de projetos aptos a receberem apoio financeiro da Secretaria de Estado de Cultura (SEC). O prazo vai até o dia 18 de maio.

Caberá ao parecerista analisar e emitir parecer técnico sobre projetos culturais inscritos nos editais de seleção pública para apoio da SEC.

Cada parecerista poderá se inscrever para até seis áreas, podendo ser credenciado em, no máximo, três delas. Os inscritos serão escolhidos por meio de uma comissão julgadora. Entre os critérios de seleção está a pontuação obtida pela análise da qualificação técnica, titulação e experiência.

O edital e a ficha de inscrição estão disponíveis para download no site da Secretaria de Estado de Cultura - aba Editais.

Áreas contempladas:

- Artes cênicas: circo, teatro e dança.

- Artes visuais: pintura, escultura, gravura, desenho, instalação, fotografia, videoarte, grafite, artesanato e artes aplicadas.

- Audiovisual: capacitação, formação e pesquisa; difusão; distribuição audiovisual; eventos; infraestrutura audiovisual; multimídia; preservação e restauração; produção cinematográfica (curta, média e longa-metragem); produção radiofônica e televisiva.

- Diversidade cultural: cultura afro-brasileira, indígena, de matrizes europeias, urbana, festas populares, folguedos da cultura tradicional, capoeira, carnaval, escolas de samba e blocos carnavalescos, gastronomia de interesse cultural, moda e vestuário de interesse cultural.

- Transversalidade da cultura: cultura e saúde, meio ambiente, cidade, territórios, direitos humanos, educação, tecnologia, turismo, juventude, gênero, acessibilidade, religião, trabalho e direitos autorais.

- Música: erudita, instrumental e popular.

- Literatura: acervo bibliográfico, arquivo, biblioteca, edição de livros, evento literário, literatura, leitura, obras de referência e periódicos.

- Patrimônio cultural: material, imaterial, museológico, arquitetônico e urbanístico.

- Economia criativa: Criações funcionais (arquitetura e urbanismo, moda, design, publicidade, gastronomia e turismo); negócios digitais (startups, Fab Labs, mídia digital, software, games, novas mídias e mídias sociais).