Pular para o conteúdo
Voltar

Palácio Paiaguás premia escritores em noite literária

Por Augusto Pereira

Os autores selecionados no 1º Prêmio Mato Grosso de Literatura receberam troféus do governador Pedro Taques no Palácio Paiaguás./ O prêmio instituído em julho de 2015, teve um processo de seleção com um júri externo em que foram selecionadas obras de categorias diferentes./ Das nove obras selecionadas, cinco são de autores do interior de Mato Grosso./ O secretário de Cultura, Leandro Carvalho destacou a primeira edição do prêmio como um passo importante para o incentivo à literatura no estado./

Sonora: Leandro Carvalho

O Prêmio MT de Literatura tem o objetivo de apoiar a publicação de obras literárias e incentivar a produção, valorizar e promover escritores residentes em Mato Grosso. O governador Pedro Taques afirmou que o prêmio incentiva a leitura e a produção literária./

Sonora: Pedro Taques

Além do prémio a noite ainda foi da assinatura do decreto que institui o ano do centenário do nascimento de Manoel de Barros./ Manoel de Barros é considerado um dos maiores poetas do Brasil./ Ele escreveu sobre a simplicidade das coisas e descreve cenários do Pantanal./ Manoel de Barros é um autor consagrado pela crítica, mas Rui Matos é um escritor novato que recebeu o prêmio na categoria revelação./ Ele também escreveu sobre o Pantanal num romance que se passa na década de 1930. Rui Matos conta como foi receber o prêmio numa noite como essa./

Sonora: Rui Matos

A experiente escritora de poesia Marilza Ribeiro, foi premiada com seu livro Balaio Amarelo./ Para ela o prêmio é como dançar uma ciranda om amigos./

Sonora: Marilza Ribeiro

Os livros foram editados e impressos com recursos da Secretaria de Cultura e Lazer que somam 200 mil reais./