Pular para o conteúdo
Voltar

Oficina ensina crianças a transformar o imaginário em realidade

Sandra Carvalho | Fepeti/Setas

A | A

Cerca de 600 crianças participam esta semana, em Cuiabá, da Oficina de Desenhos e Pintura com o ateliê Bololofos e o artista plástico Adriano Figueiredo Ferreira. Por meio do desenho e da pintura, elas têm a oportunidade de externar sonhos, angústias e alegrias em verdadeiras obras de arte.

A programação faz parte da Semana da Criança lançada nesta segunda-feira (10) numa parceria do Governo do Estado com o Fórum Estadual de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil (Fepeti), Sebrae e Associação Mato-grossense de Atacadistas e Distribuidores (Amad).

A abertura contou com a presença da presidente do Conselho Estadual de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente (Cedca), Annelyse Cândido, da secretária adjunta de Cultura, Regiane Berchieli, e com o protagonismo de Gabriel Correa, representante do Fórum Estadual de Crianças e Adolescentes (FOCA).

Secretário de Estado de Trabalho e Assistência Social e secretário executivo do Fepeti, Valdiney de Arruda destaca o papel das oficinas de arte como ferramenta de desenvolvimento interior da criança.

“Essa metodologia consegue interiorizar nas crianças, por meio do desenho e da pintura, alegrias, sonhos e angústias. E depois isso é materializado com a construção de um boneco que ela pode levar para casa como prova de sua criatividade, do seu desenvolvimento interior”, observa o secretário.

Para o gestor, este mesmo projeto não daria o mesmo efeito na fase adulta. “E este o propósito desta parceria, que é proporcionar às crianças que elas descubram a sua capacidade de utilizar a cultura como grande potencial de desenvolvimento, despertando nelas um novo olhar, uma nova postura diante de suas realizações, não só sonhos, mas transformando monstros em anjos da guarda”, completou.

O secretário se refere aos “monstrinhos da guarda”, personagem do ateliê Bololofos criado a partir do desenho espontâneo de uma criança como explica a artista visual Gabriela Pofo.

“Na oficina elas criam os seus desenhos que depois são transformados em monstrinhos da guarda, são os guardiões das crianças e amigos de todas as horas. E o que também é legal nessas oficinas é que a criança constrói com suas próprias mãos o seu brinquedo, mostrando que ela pode fazer qualquer coisa e modificar o mundo em que elas vivem”, pontua a artista, que veio de São Paulo para ministrar as aulas.

Programação

Regiane Berchieli, secretária adjunta Estado de Cultura, informa que a programação da Semana da Criança segue até sábado. As oficinas continuam na Arena Pantanal, já agendadas antecipadamente com escolas e projetos sociais. Na quarta-feira (12), ela aconteceu no Pantanal Shopping, das 14h às 20h. O passaporte pode ser trocado por dois quilos de alimento. 

As oficinas com o ateliê Bololofos e o artista Plástico Adriano Figueiredo se encerram no sábado (15), na Arena Pantanal, dentro da programação do evento Vem Pra Arena, com programação das 16h30 às 21h30. A inscrição também são 2kg de alimento.