Pular para o conteúdo
Voltar

Programa desenvolvido em Mato Grosso ganha destaque no cenário nacional

Angélica Moraes | SEC-MT

Programa de Desenvolvimento da Economia Criativa foi apresentado no Fórum em São Paulo - Foto por: Divulgação
Programa de Desenvolvimento da Economia Criativa foi apresentado no Fórum em São Paulo
A | A

Mato Grosso tomou a liderança nas discussões nacionais sobre as políticas públicas voltadas para a cultura. O Programa de Desenvolvimento da Economia Criativa, iniciativa do Governo de Mato Grosso, foi destaque no encontro Economia da Cultura: Caminhos para o Desenvolvimento, promovido nesta quarta-feira (16) pelo Fórum Brasileiro pelos Direitos Culturais em São Paulo. O secretário de Estado de Cultura, Leandro Carvalho, integrou mesa formada pelo presidente do Sebrae Nacional, Guilherme Afif Domingos, o secretário Nacional de Economia da Cultura, Cláudio Lins de Vasconcelos e a diretora do Departamento de Economia da Cultura do BNDES, Patricia Zendron em debate mediado pelo diretor do Instituto Itaú Cultural, Eduardo Saron. 

Entre os assuntos abordados na ocasião estão os desafios e oportunidades para a construção de uma política para a economia da cultura. O coordenador do Programa de Desenvolvimento da Economia Criativa da SEC, Rafael Mazeto, também participou do evento.

“Levei a experiência de implantação do Programa de Desenvolvimento da Economia Criativa em Mato Grosso, de forma transversal, envolvendo diversas secretarias de estado e instituições privadas, revisando marcos legais, benefícios e incentivos fiscais, realizando estudos e pesquisas a partir de novas metodologias, vencendo distâncias e ganhando capilaridade, capacitando profissionais, formando uma nova rede de parceiros, estimulando e fortalecendo territórios e arranjos produtivos”, observou.

O programa desenvolvido em Mato Grosso chamou a atenção dos debatedores e do público presente. “Ao adotar de forma matricial e estratégica a economia criativa como um eixo central nas políticas públicas do Estado de Mato Grosso, a Secretaria de Cultura do Estado torna-se referência para o país na constituição e implementação de suas políticas”, frisou Saron. 

João Leiva, consultor e pesquisador da área cultural, disse ter ficado bastante impressionado com a dimensão do programa desenvolvido em Mato Grosso, além da articulação da Secretaria de Cultura com outras pastas.

“Em geral a cultura tem dificuldade em falar com outras áreas, vive muito isolada. Quando consegue fazer essa interlocução é um fato muito positivo e inspirador para o setor cultural como um todo, seja em nível municipal, estadual e federal”, observou. 

O programa

Iniciativa do Governo de Mato Grosso, o programa MT Criativo foi lançado em setembro do ano passado e envolve cinco Secretarias (Cultura, Educação, Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Assistência Social e Ciência e Tecnologia), além do Gabinete de Assuntos Estratégicos (GAE) e a Empresa Mato-grossense de Tecnologia da Informação (MTI).

Em agosto deste ano começaram as Maratonas de Negócios Criativos, compostas por atividades como palestras, minicursos, oficinas e consultorias direcionadas a empreendedores dos segmentos criativos, estudantes e demais interessados no assunto.

São ao todo dez edições mensais, com previsão de encerramento em julho de 2017. Até agora já foram realizadas quatro edições. Mais informações sobre o Programa de Desenvolvimento da Economia Criativa estão disponíveis no site do Mato Grosso Criativo.