Pular para o conteúdo
Voltar

Quinta Maratona de Negócios Criativos é realizada no Univag

Rita Comini | Sebrae-MT/Assessoria-SEC

Quinta maratona de negócios criativos movimenta o Univag, em Várzea Grande - Foto por: Divulgação
Quinta maratona de negócios criativos movimenta o Univag, em Várzea Grande
A | A

Trabalhar o marketing criativo não é caro e é muito mais efetivo do que quando se usa as formas convencionais. A afirmação é do consultor do Sebrae em Desenvolvimento Local, Roberto Cirico Maciel, que abriu os trabalhos da 5ª Maratona de Negócios Criativos, desta vez acontecendo no Univag Centro Universitário, em Várzea Grande, de 05 a 09 de dezembro como parte da programação da 5° Feira de Negócios do Curso de Administração e XII Feira de Tecnologia.

Ao longo da semana, no Bloco C da instituição de ensino, acontecem as oficinas e consultorias com os temas “Novas Mídias para seu Negócio” e “Discursando: Aprenda a apresentar seu negócio em público”, com Fernando Modonesi; “Storytelling: Aprenda a contar sua história” e “Facebook e Instagran revolucionando seu negócio”, com Bianca Sperandio. As consultorias “Como apresentar seu negócio: ppt e pitch”, “Impulsionando seu negócio através das mídias sociais”, “E-Commerce” e “Elaboração de projetos para captação de recursos” acontecem ao longo do dia, mediante agendamento prévio feito no site do MT Criativo.

Ainda na palestra de abertura da Maratona, Cirico disse que a criatividade é um produto que serve às cidades e aos governos e que afeta os bens de consumo e o mercado. “Ninguém valoriza mais um produto sem valor criativo. O intangível tem cada vez mais valor”, destacou, acrescentando que o produto criativo é aquele em que o valor intangível é maior do que o material. E, ao final, orientou os presentes a empreender em setores que possuem o intangível como estratégia de geração de valor. “Isso é muito promissor”, garantiu.

O projeto Maratonas de Negócios Criativos é fruto de uma parceria entre Sebrae, MT Criativo e Governo do Estado, através de um pool de secretarias – Cultura, Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, Educação, Trabalho e Assistência Social, Gabinete de Assuntos Estratégicos.

Teve inicio em Agosto de 2016 e termina em Junho de 2017. São várias edições com temáticas e atividades diferenciadas. Um programa longo e robusto de qualificação dos empreendedores criativos no Estado do MT, com consultorias, palestras e oficinas, abordando temas relacionados diretamente aos mais diversos segmentos que compõem a Economia Criativa.

O secretário de Cultura, Leandro Carvalho, destacou que as maratonas fazem parte de um plano maior que visa transformar boas ideias e criatividade em negócios e serviços que possam diversificar a matriz econômica de Mato Grosso. “Esta é uma nova abordagem, temos trazido pessoas de referência em suas áreas, é uma oportunidade única”, constata, citando como exemplo a indústria de audiovisual que movimenta mais de R$ 24 bilhões ao ano no Brasil e emprega mais do que muitos setores fortes da economia.

Prêmio Brasil Criativo

Seis projetos desenvolvidos em Mato Grosso são finalistas no Prêmio Brasil Criativo 2016. Ele foram selecionados por votação popular no início do mês. O prêmio tem a finalidade de identificar, reconhecer, fomentar, apoiar e difundir projetos ou empreendimentos da Economia Criativa brasileira. É uma iniciativa da Projecthub, em parceria como o Governo do Estado de São Paulo e a 3M, criado para estimular a produção de soluções inovadoras para o desenvolvimento da economia criativa no país.

Nesta seleção final os curadores escolherão um trabalho de cada categoria. O evento tem seu ponto alto na quinta etapa, que é a cerimônia de premiação em dezembro. A premiação inclui uma rodada de negócios entre os vencedores com fundos de investimento interessados em empreendimentos criativos e inovadores dos setores da Economia Criativa brasileira e premiação com horas em serviços de capacitação e mentoria. Além disso, todos os vencedores receberão apoio para a criação de material completo de divulgação e estruturação para publicar uma campanha de financiamento coletivo através de plataforma de crowdfunding.