Pular para o conteúdo
Voltar

Abalantes do Sertão é o vencedor do Festival de Quadrilhas

Município de Barra do Garças emplacou o campeão e vice, título que ficou com a quadrilha Brilho Junino
Angélica Moraes | SEC-MT

A final do Festival Mato-grossense de Quadrilhas levou brilho, cor e tradição para o município de General Carneiro - Foto por: Mayke Toscano/Gcom-MT
A final do Festival Mato-grossense de Quadrilhas levou brilho, cor e tradição para o município de General Carneiro
A | A

O município de Barra do Garças fez bonito no Festival Mato-grossense de Quadrilhas (Festrilha 2017) e levou nada menos que os dois primeiros lugares na final da competição de quadrilhas juninas, no último fim de semana, em General Carneiro. Apenas alguns décimos separaram a quadrilha campeã Abalantes do Sertão (149.85 pontos) da vice Brilho Junino (149.75 pontos). O terceiro lugar ficou com o grupo Os de Fora, de Tangará da Serra. O Festrilha é um dos eventos já inseridos no calendário cultural de Mato Grosso e tem na Secretaria de Estado de Cultura (SEC-MT) a principal apoiadora.

O grupo campeão leva para casa R$ 19 mil e vai representar o estado no Concurso Nacional de Quadrilhas Juninas, que ocorre em 22 e 23 de julho, em Palmas (TO). O evento reúne equipes de vários estados, que concorrem a R$ 70 mil em prêmios.

“Foi a vitória da garra e determinação, colocamos corpo e alma nessa apresentação que encantou o público e os jurados”, disse Claudionor Silva, líder da quadrilha campeã. Dias difíceis de seca no sertão deram o tom do enredo, embalado por uma novidade, uma banda cantando ao vivo as músicas e narrativas executadas pelo grupo durante a apresentação.

A vice-campeã Brilho Junino, contemplada com R$ 14 mil, também comemorou a colocação. “Somos dissidentes do Abalantes. No ano passado estivemos juntos, mas esse ano optamos por montar outra quadrilha. O resultado foi bastante expressivo se considerarmos que somos o grupo mais jovem entre os participantes e, mesmo assim, ficamos com a segunda colocação”, observou o responsável pelo grupo, Mauro Alex.

Participaram do festival 24 grupos quadrilheiros, vindos de 17 cidades diferentes. A final contou com a participação de 16 grupos, selecionados em quatro etapas eliminatórias, que ocorreram em quatro municípios:  Rondonópolis (27 e 28.05); Araguaiana (02 e 03.06); Porto Alegre do Norte (08 a 10.06); e Bom Jesus do Araguaia (16 e 17.06). O valor total dos prêmios chega a R$ 49 mil.

Realizado há quase duas décadas, o Festrilha começou em Serra Nova Dourada. Além de manter viva uma tradição enraizada nas comunidades, a competição de quadrilhas em municípios diversos movimenta setores importantes para a economia, como o turismo e o comércio. Entre os objetivos do evento, está manter viva a cultura junina e fazer com que ela sobreviva por gerações.

Confira as cinco primeiras quadrilhas do Festrilha 2017

1º lugar – Abalantes do Sertão, de Barra do Garças

2º lugar – Briho Junino, de Barra do Garças

3º lugar – Os de Fora, de Tangará da Serra

4º lugar – Coração Caipira, de Porto Alegre do Norte

5º lugar – Balancê do Cerrado, de Nova Xavantina