Pular para o conteúdo
Voltar

Plano Estadual já está disponível para consulta no site da Participação Social

Assessoria | SEC-MT

A | A

Já estão disponíveis para consulta pública no site da Participação Social, do Governo de Mato Grosso, o decreto e a minuta do Plano Estadual do Livro, Leitura, Literatura e Bibliotecas (PELLLB). O anúncio foi feito na ocasião de mais uma edição da série de encontros com agentes culturais, o Diálogos da Cultura, realizado durante o I Fórum de Bibliotecas.

Desta vez, o secretário de Estado de Cultura, Leandro Carvalho, direcionou o foco a uma reunião aberta com representantes da cadeia produtiva do livro. O encontro foi importante por reunir representantes de várias regiões do estado.

Rodolfo Perdigão/Gcom-MT

A reunião contou também com a presença do diretor do segmento do Ministério da Cultura, Cristian Brayner, que veio à Cuiabá falar sobre a experiência da implantação do Plano Estadual. Ele destacou o pioneirismo do estado. “Mato Grosso é protagonista, um dos primeiros a fazer isso, e o que é mais louvável, de maneira democrática, convocando os atores envolvidos neste processo para discutir os elementos relevantes”, disse.

O secretário Leandro Carvalho agradeceu a presença de Brayner. “Momento pontual. Afinal, outros Estados dão início ao processo e esse conhecimento é fundamental, especialmente para nós que estamos na fase de desenvolvimento desse arcabouço legal que vai pautar o desenvolvimento da cadeia produtiva que envolve os mais diferentes profissionais, incluindo os que atuam nas redes de bibliotecas privadas e públicas”, falou.

Quanto à consulta pública em andamento, Carvalho destacou que desde o início a participação colaborativa tem sido usada como ferramenta. “Desde sua implantação, temos utilizado a plataforma Participação Social para discutir novas leis, minutas do Conselho, Plano, Fundo e Sistema. Além disso, percorremos várias regiões e consolidamos o texto. Contar com essa representatividade e consequente alcance dos municípios é essencial”. Ele disse, ainda, que a programação orçamentária garante o desenvolvimento das atividades que possam gerar uma política consistente do setor, para os próximos anos. “Ainda mais efetiva se as cidades mato-grossenses também consolidarem os planos municipais”.

Entre as metas do Plano Estadual estão a democratização do acesso ao livro, fomento e valorização da leitura, literatura e biblioteca; formação de mediadores para o incentivo à leitura, valorização institucional do livro, leitura, literatura e da biblioteca; desenvolvimento da economia do livro como estímulo à produção intelectual e ao desenvolvimento da economia estadual; fomento à cadeia criativa e produtiva do livro; acesso aos bens culturais e desenvolvimento intelectual e promoção da cidadania no estado, entre outros.

O Plano será coordenado em conjunto pelas Secretarias de Estado de Cultura (SEC) e de Estado de Educação, Esporte e Lazer de Mato Grosso (Seduc).