Pular para o conteúdo
Voltar

Agentes culturais participam do Dia do Artista na SEC

Sec-MT

A | A

Artistas e agentes da cadeia produtiva da cultura compareceram em peso nesta segunda-feira (11) para mais uma edição do Dia do Artista, na Galeria Lava Pés, na Secretaria de Estado de Cultura. O encontro é uma ação do Diálogos da Cultura, dedicado a promover a interação entre a equipe da SEC, artistas e produtores culturais.

Neste encontro, a pauta foi a implantação da Lei n° 13.019/2014, conhecida como Marco Regulatório das Organizações da Sociedade Civil (Mrosc), explanada pela assessora jurídica da SEC, Andreia Domingues.

“Mato Grosso foi pioneiro na regulamentação e implantação das normas para celebração das parcerias e figura em posição de destaque no cenário nacional por desenvolver as primeiras experiências na área da gestão de equipamentos públicos e realização de eventos via gestão compartilhada”, destaca Andreia.

A segunda parte do encontro trouxe dois representantes de organizações sociais culturais falando sobre suas experiências relacionadas ao Mrosc. Estiveram presentes Jhony Everson, Cordemato; e Elisangela Passos, do Instituto Ciranda – Música e Cidadania.

“O Dia do Artista foi pensado pela SEC a partir de uma demanda da própria classe artística. Trata-se de uma ação que promove o diálogo, a informação, troca de conhecimento e principalmente de aproximação da classe. O resultado dessa ação foi muito positivo e já temos mais 3 ações programadas. Vale ressaltar ainda que o momento da participação dos artistas contando as suas experiências é um importante exercício de troca. E quem quiser participar é só procurar a equipe da SEC, que está sempre de portadas abertas”, explica Keiko Okamura, uma das organizado do evento.

Por fim, funcionários da SEC prestaram atendimento aos artistas para solucionar dúvidas, fazer consultas e dar orientações a qualquer agente da classe artística. No atendimento, um profissional de cada setor (Convênio, Tomada de Contas, Economia Criativa, Políticas Culturais, Patrimônio Histórico e Conselho de Cultura) ficou à disposição para receber os artistas.