Pular para o conteúdo

Governo garante auxílio emergencial a milhares de trabalhadores da cultura de MT

Elisete Mengatti

Plataforma lançada nesta segunda-feira, dia 14, pelo Governo do Estado, vai garantir um auxílio emergencial aos trabalhadores do setor cultural mato-grossense./ O auxílio, garantido pela Lei Aldir Blanc,  consiste no pagamento de três parcelas de R$ 600, beneficiando cerca de 8.500 profissionais do setor,  incluindo artistas, produtores e técnicos das mais diversas áreas./ Também haverá investimentos em editar de projetos culturais.//

O programa do Governo de Mato Grosso, será desenvolvido pela Secretaria Estadual de Cultura e pela plataforma, desenvolvida pela própria classe artística cultural.//

Uma das ações previstas na Lei Aldir Blanc, o cadastro será feito na plataforma www.estadodoamanha.com.br, que vai receber os dados que serão analisados, validados e aprovados para transferência de recursos diretamente aos trabalhadores. //

Ao assinar o lançamento do edital, o governador Mauro Mendes explicou que os recursos serão aplicados pelo Estado e municípios./ Segundo ele, o valor a ser destinado para as ações de responsabilidade do Estado é de quase R$ 26 milhões./ Mais de R$ 15 milhões serão utilizados para o pagamento de renda mensal aos trabalhadores da cultura e o restante em editais de fomento cultural.//

Sonora Mauro Mendes.

O secretário de Estado de Cultura, Esporte e Lazer, Alberto Machado, que está a frente do projeto, garantiu que tudo será feito  com muita responsabilidade e transparência e que, para que tudo desse certo, foram feitas alterações na Lei Estadual da Cultura.//

Sonora Alberto Machado.

A para a classe artística  e cultural do estado, a ajuda chega em boa hora. O cantor Jhonny Everson, que montou a plataforma, afirmou que a medida garante mais um fôlego para os artistas mato-grossenses.//

Sonora: Jhonny Everson

O trabalhador que não tiver acesso a internet, pode procurar o Cine Teatro Cuiabá, localizado no centro da capital e fazer seu cadastro com a ajuda de servidores da Secel.//

Recentes